Luciano Huck grava quadro do Caldeirão do Huck em Palmas

0
3.265 views

O apresentador Luciano Huck gravou quadro para o Caldeirão do Huck em Palmas nesta sexta-feira (26).  As filmagens foram realizadas no Campus da  Universidade Federal do Tocantins – UFT em Palmas. A passagem pela capital Tocantinense foi registrada pela redação do Portal Agência Tocantins.

Na Universidade Luciano interagiu com os universitários, fãs e funcionários da UFT. Em  uma das salas ele gravou  as cenas do quadro do Programa Caldeirão do Huck “LAR DOCE LAR”   com o estudante Danilo Correa 31 anos,  que esta construindo sua casa própria vendendo doces (Jujubas) a história do estudante foi  publicada em  23 de janeiro desse ano pelo G1 Tocantins. E republicada em nosso portal de Notícias.  “Jovem que já morou na rua constrói casa própria vendendo jujubas no TO”

O estudante participou do programa, ele foi selecionado para o quadro Lar doce lar após ter o apresentador ter lido uma carta que conta a história de um jovem que esta construindo a sua casa própria com dinheiro adquirido através das vendas de doces (Jujubas) em vários lugares da Capital Tocantinense.

Luciano veio a Palmas exclusivamente para gravar o quadro do programa, durante as pausas das gravações o apresentador se emocionou com a história de Danilo Correa, “Tenho orgulho de você, sei que para construir uma casa através de vendas de doces tem que ter muito fé, coragem e determinação,  ” emocionado elogiou Luciano.

Entre os quadros fixos do programa, existem o Lar doce lar e o Lata velha, nos quais reformam casas e carros, além de Visitando o passado e Encontrar alguém. O programa está no ar desde 2000 e é exibido aos sábados, às 14h, na Globo.

Danilo vende cada doce a R$ 1. De segunda a sexta, na universidade onde estuda filosofia, são três caixas de jujuba, cada uma com 30. Aos sábados e domingos faz as vendas em parques e avenidas da cidade e segundo ele o lucro é maior já que vende cinco caixas. “Uma vez passei o dia inteiro vendendo e consegui fazer R$ 300”.

A cada venda, Danilo aborda as pessoas e fala sobre o projeto da construção da casa. Ele conta que muitas ficam sensibilizadas e fazem doações. “Já ganhei sacos de cimento. Uma vez uma pessoa me deu R$ 100 e nem quis a bala”, disse.

Todas as vendas, compras e lucros são calculados e controlados. Ele compra a caixa de jujubas por R$ 8,90 e lucra 21,10. A compra dos materiais de construção é feita semanalmente. “Nas segundas-feiras vou à loja e compro o que vou precisar para a próxima etapa. Nessa segunda que vem vou comprar um pouco de cimento e areia para fazer o reboco da parte de dentro”, afirmou.

Fonte: Agência Tocantins

Deixe uma resposta