Operação Brasil Central Seguro é realizada no Tocantins e em mais 15 estados da Federação

0
34 views

Policiais Civis, Militares e demais órgãos de segurança pública do Tocantins realizaram nesta quinta-feira, 25, diversas operações policiais de combate à criminalidade, em especial roubo a bancos e instituições financeiras e tráfico de drogas. As operações estão inseridas no plano de segurança, proposto pelo Pacto Integrador de Segurança Pública e são denominadas “Operação Brasil Central Seguro”.

No Tocantins, a ação ocorreu simultaneamente em todo Estado, tendo como ponto de partida as 13 Delegacias Regionais de Polícia Civil, que abrangem desde a cidade de Talismã, divisa com Goiás, até Araguatins, região do Bico do Papagaio, divisa com os Estados do Pará e Maranhão.

Todas as operações foram coordenadas pela diretoria de polícia do interior, a qual acompanhou, em tempo real, o andamento das operações. De acordo com o diretor, delegado Marcio Girotto, mais de 250 policiais civis e militares, além de 60 viaturas se mobilizaram na operação que resultou em 35 prisões, 26 mandados de busca e apreensão, 09 Autos de Prisão em Flagrante (APF), além da apreensão de três armas de fogo, quatro veículos e 10 kg de substâncias entorpecentes.

Segundo o delegado Marcio Girotto, a operação foi muito importante e alcançou as metas estipuladas pelas forças de segurança. “Essa operação teve grande êxito, tendo em vista que foram retirados de circulação mais de 10 kg de substâncias entorpecentes, em sua maioria maconha e crack, alem de prisões em flagrantes e cumprimento de mandados de prisões. Outro dado importante é a recuperação de veículos furtados ou roubados e apreensão de armas de fogo. Com esta operação, o Estado está oferecendo mais segurança à população”, afirma.

A operação Brasil Central Seguro foi realizada, simultaneamente, no Tocantins e em mais quinze estados da Federação, sendo eles: Goiás, Minas Gerais, Maranhão, Pará, Amazonas, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Paraná, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Piauí e Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta